Android Whatsapp

WhatsApp insiste que os usuários atualizem o aplicativo depois de descobrir a vulnerabilidade

O WhatsApp disse que a vulnerabilidade foi descoberta este mês e que a empresa resolveu rapidamente o problema dentro de sua própria infraestrutura. Uma atualização do aplicativo foi publicada na segunda-feira, e a empresa está encorajando os usuários a atualizarem-se com muita cautela.

A empresa também alertou a polícia dos EUA para a exploração e publicou um “ aviso CVE ”, um alerta para outros especialistas em segurança cibernética alertando-os para “vulnerabilidades e exposições comuns”.

A vulnerabilidade foi usada em uma tentativa de ataque ao telefone de um advogado do Reino Unido em 12 de maio, informou o FT. O advogado, que não foi identificado pelo nome, está envolvido em uma ação contra a NSO trazida por um grupo de jornalistas mexicanos, críticos do governo e um dissidente da Arábia Saudita.

“O ataque tem todas as características de uma empresa privada supostamente que trabalha com os governos para entregar spyware que assume as funções dos sistemas operacionais de telefonia móvel”, disse o WhatsApp em um comunicado.“Informamos várias organizações de direitos humanos para compartilhar as informações que podemos e trabalhar com elas para notificar a sociedade civil.”

O Grupo NSO não respondeu imediatamente ao pedido do Guardião para um comentário. A empresa disse ao FT que estava investigando os ataques do WhatsApp.

Sobre o autor

Avatar

Itamar

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário